fbpx
Cajamar Gerais
medo

Fique assustado, mas não tenha medo

O medo pode arruinar a sua vida e também a das pessoas que ama. Descubra como livrar-se dele mesmo em…
Por Marcel Souza
15 de janeiro de 2021

Compartilhe!

“Sofremos mais frequentemente na imaginação do que na realidade”

– Lucius Annaeus Seneca

O medo é certamente uma daquelas coisas que podem arruinar nossa vida inteira. Mas como não ter medo nos dias de hoje?

  • Uma pandemia de um vírus desconhecido e mortal
  • Ter que se expor, fazer amizades ou falar em públicos
  • Relacionamentos “líquidos”, que se vão por entre os dedos
  • Contínuo cancelamento – virtual ou pessoal –  de pessoas e ideias
  • O primeiro encontro, o primeiro dia de aula, o primeiro dia no novo trabalho

Cenários assim provocam calafrios e uma contínua ansiedade. Faz com que adotemos comportamentos nocivos com outros e claro, conosco. Um simples exemplo disso é quando atendemos o celular e é uma pessoa querida, que nos ama sem dúvida, mas que nos enche de informações e fatos desnecessários. Sem pedirmos, nos dá detalhes, estatísticas e as últimas atualizações sobre o Covid 19. 

Você, que momentos antes estava ótimo, é contagiado por toda a angústia e ansiedade dessa pessoa querida, sem se perguntar da veracidade das informações. Menos uma noite de sono tranquilo, e provavelmente, mais um dia de ansiedade sobre o que o futuro nos reserva. Com medo, enfim.

Mas reflita um pouco. E se eu te dissesse que tudo isso é apenas… fantasia e ilusão?

Seu medo é apenas uma opinião sobre algo que não ocorreu

Sim, a maior parte do medo que sentimos diariamente é apenas uma mera percepção que temos sobre algo. Esse medo é criado em nossa cabeça com base em 3 coisas:  

  • nossas inseguranças, 
  • pensamento excessivo no futuro 
  • falta de conhecimento sobre um determinado assunto.

O medo pode ser bom ou ruim, mas vai depender de como você reage a cada situação. Como disse Epicteto: “Das coisas que existem, algumas estão em nosso poder e outras não”.

Remova o medo do seu dia a dia

O primeiro passo para remover o medo é perceber o que está sob seu controle e o que não está. Se não fizer isso, o medo pode rapidamente se tornar um opressor e pode colocá-lo em um lugar escuro do qual você não consegue ver como sair.

Se nos aprofundarmos na frase de Sêneca do início do artigo, iremos chegar ao ponto. Nossa imaginação e suposições sobre algumas coisas são o que geram medo. Não pela situação em si, mas por inseguranças e dúvidas internas.

Como lidar com isso? Imagine o pior cenário possível. Prepare-se pra ele. Pronto. Isso fará com que esteja preparado para o caso de as coisas não correrem bem. E lembre-se: na maioria das vezes, as coisas não são tão sérias quanto pensamos.

Honey Badger don´t care. Be one.

Desapegue-se como não existisse amanhã

Além disso, o medo só é possível quando existe apego ou desejo. Sem apego, o medo perde seu poder. Veja alguns exemplos de apego:

  • O apego ao seu status no trabalho ou escola resulta em medo de ser cancelado.
  • O apego ao seu par romântico resulta em medo de adultério ou rejeição.
  • O apego à ocupação ou subsistência resulta em noites sem dormir.
  • O apego ao luxo ou à riqueza resulta no medo da pobreza.

O apego vem de qualquer coisa que ajude a preencher os vazios em nós mesmos.

Esses vazios têm muitos nomes – solidão, vazio, falta de valor, etc.

A única maneira de evitar o apego é aceitar que você é um ser completo. Não precisa de nada, nem ninguém para ser validado, aceito. 

Se você aceitar esse fato, deixará de se apegar a fatores externos que, por natureza, não estão sob seu controle. A falta de controle leva ao medo. Quem não tem nada a perder não tem medo.

Exercícios para riscar o medo de sua vida

Os três simples exercícios abaixo podem ter um efeito poderoso para tirar o medo de sua vida, de uma vez. 

1) Qual é a pior coisa que pode acontecer? Anote. Sinta intensamente..

2) Pergunte-se: como você posso evitá-lo? Quais são as possíveis soluções?

3) Faça o que for necessário para saber se você está firme e preparado com todos os seus esforços.

Escreva sobre seus medos; você pode descobrir que eles não são tão grandes quanto você pensava. E por pior que sejam, lembre-se das sábias palavras de Salomão em Eclesiastes:

“Não há nada de novo debaixo do sol”. 

Fique assustado, Mas não tenha medo.

Clique acima e receba as principais notícias de Cajamar e região na palma da sua mão. Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Gostou? Que tal compartilhar?

Por Marcel Souza

Gostou? Leia mais!

More Categories

Sobre o Autor

Marcel Souza

Fale com a equipe

6 + 1 =